Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting
Free Shoutcast HostingRadio Stream Hosting

O USO DA MACONHA

O USO DA MACONHA

 

Um dos primeiros aspectos que que vem à mente quando as pessoas falam sobre Rastafari é que eles fumam Maconha. Fumar Maconha para um Rasta é uma experiência especial. Eles usam a Maconha para a iluminação da mente para que eles possam corretamente argumentar sobre as coisas do mundo. A Maconha é sempre usada de maneira cerimonial. Antes de fumar a Erva Sagrada o Rasta fara uma prece para Jah ou para Haile Selassie I.

O Rasta chama este ritual de secção de arrazoamento onde eles fuma Maconha para Niubingui. Uma secção de Niubingui é muito diferente do jeito casual que o ocidental fuma Maconha. O ocidental fuma para entretenimento. O Ocidental fuma maconha de manera profana, simplesmente para se rir e bancar de bobo. Isso tem uma enorme diferença do que acontece na Niubingui. Na Niubingui a Erva é coisa séria, sagrada, usada para a iluminação.

Agir como bobo seria desrespeitoso para com Ras Tafari. Sempre um Rasta rezará para Jah antes de fumar a Planta Ritual.

Desafortunadamente para o Rasta, fumar Maconha se tornou um de seus piores problemas.

Isto é pelo fato de que fumar Maconha é proibido em praticamente o mundo todo, com exceção de dois países. Por toda a Terra existe Rastafaris constantemente nos tribunais lutando pela descriminalização da Planta Sagrada para uso Religioso.

Em todos os casos em que um Rasta foi aos tribunais para lutar pelo uso religioso eles perderam. Os países que os Rasta já tentaram lutar pelo uso religioso da Maconha são: Inglaterra, Estados Unidos, África do Sul, Jamaica, entre muitos. Muitos Rastas ao redor do mundo acabaram na cadeia por fumar a Planta Sagrada.

O uso Rasta da Maconha vem do início do Rastararismo ou Garveysmo na Jamaica. Em 1941 um dos primeiros pregadores do Rastafari, Leonard P. Howell, acentou uma comunidade de 1600 Rastas. Esta Comunidade foi chamada Pinnacle. Em Pinnacle, Howell plantou Maconha como agricultura sustentável. Foi neste momento que os Rastas descobriram as propriedades da Ganja, como os Jamaicanos chamam a Maconha. Usaram-na como alimento, remédio, vestimento e que era um canalizador no processo de “Arrazoamento”. Os Rastas, que sempre foram tenazes leitores das “Escrituras Sagradas” foram fundo na “Bíblia” e encontraram muitas referências de uso da “Planta Sagrada”. Desta maneira a “Ganja” foi incorporada na Cultura Rastafari.

A TERRA PROMETIDA

Um dos primeiros aspectos que que vem à mente quando as pessoas falam sobre Rastafari é que eles fumam Maconha. Fumar Maconha para um Rasta é uma experiência especial. Eles usam a Maconha para a iluminação da mente para que eles possam corretamente argumentar sobre as coisas do mundo. A Maconha é sempre usada de maneira cerimonial. Antes de fumar a Erva Sagrada o Rasta fara uma prece para Jah ou para Haile Selassie I.

O Rasta chama este ritual de secção de arrazoamento onde eles fuma Maconha para Niubingui. Uma secção de Niubingui é muito diferente do jeito casual que o ocidental fuma Maconha. O ocidental fuma para entretenimento. O Ocidental fuma maconha de manera profana, simplesmente para se rir e bancar de bobo. Isso tem uma enorme diferença do que acontece na Niubingui. Na Niubingui a Erva é coisa séria, sagrada, usada para a iluminação.

Agir como bobo seria desrespeitoso para com Ras Tafari. Sempre um Rasta rezará para Jah antes de fumar a Planta Ritual.

Desafortunadamente para o Rasta, fumar Maconha se tornou um de seus piores problemas.

Isto é pelo fato de que fumar Maconha é proibido em praticamente o mundo todo, com exceção de dois países. Por toda a Terra existe Rastafaris constantemente nos tribunais lutando pela descriminalização da Planta Sagrada para uso Religioso.

Em todos os casos em que um Rasta foi aos tribunais para lutar pelo uso religioso eles perderam. Os países que os Rasta já tentaram lutar pelo uso religioso da Maconha são: Inglaterra, Estados Unidos, África do Sul, Jamaica, entre muitos. Muitos Rastas ao redor do mundo acabaram na cadeia por fumar a Planta Sagrada.

O uso Rasta da Maconha vem do início do Rastararismo ou Garveysmo na Jamaica. Em 1941 um dos primeiros pregadores do Rastafari, Leonard P. Howell, acentou uma comunidade de 1600 Rastas. Esta Comunidade foi chamada Pinnacle. Em Pinnacle, Howell plantou Maconha como agricultura sustentável. Foi neste momento que os Rastas descobriram as propriedades da Ganja, como os Jamaicanos chamam a Maconha. Usaram-na como alimento, remédio, vestimento e que era um canalizador no processo de “Arrazoamento”. Os Rastas, que sempre foram tenazes leitores das “Escrituras Sagradas” foram fundo na “Bíblia” e encontraram muitas referências de uso da “Planta Sagrada”. Desta maneira a “Ganja” foi incorporada na Cultura Rastafari.